segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Mamãe tu não tem calor?

Oi gente!

Quanto tempo! Muitas coisas se passaram então nem vou gastar dedos teclando aqui sobre isso, o importante é que estamos de volta! E o assunto que fez a vontade de escrever voltar foi um diálogo que tive com o Téo numa sexta escaldante desse janeiro: porque a mamãe não tira a camiseta??

Bom, quem me conhece um pouco sabe que tenho cada vez mais comprado as ideias feministas, não sou exatamente uma militante, mas me preocupam muito todas as reproduções que fazemos em nosso cotidiano que perpetuam o machismo e que acredito fazem sofrem homens e mulheres. Maridão já escreveu nesse ilustre blog sobre isso inclusive (aqui).

Então acontece que estamos eu e pequeno Teodoro curtindo uma brisa em casa numa sexta saariana, ele de cueca e eu de biquíni. Acontece que temos que ir ao dentista, então tomamos banho e providenciei uma blusinha bem fresca e uma saia para mim, e uma bermuda para o Téo. Ele insisti em vestir a camiseta. Eu digo: "Meu filho tá um calor absurdo! Deixa pra colocar a camiseta no consultório que deve tá gelado de ar condicionado". Então vem o desafio em forma de criança: "Mas tu não tá com calor? Porque tu tá de blusa?"


Maioria das pessoas estão pensando agora: "Ué?! Porque tu é mulher!"
E é exatamente nessa resposta que reside minha inquietação: não pretendo dar essa resposta pro meu filho, nem pra minha filha! Eu fico absolutamente incomodada!

#momentoparanóia

Eu sei... eu sei... parece bobagem, mas decidi a muito tempo que somente a educação pode nos libertar de algumas coisas, entre elas o preconceito, o machismo e a burrice ;-) Então uma das metas é nunca dizer ao Téo que uma mulher não pode fazer alguma coisa ou o famoso "mulher tem que..."

Mas daí como responder àquele serzinho de 3 anos????

Eu poderia dizer a ela que na sociedade machista que vivemos uma mulher que faça topless (e ainda ia ter que explicar o termo..) pode ser presa por atentado ao pudor, desde que ela não esteja na capa da Sexy ou Playboy, ou num programa de TV "divertindo" os machões presentes, daí pode.

Eu poderia dizer a ele que só no carnaval pode, mas tem que ter um 500 litros de silicone e colocar o dedinho na boquinha.

Mas eu optei por sair pela tangente, sim meus caros, não pude ser absolutamente sincera com meu filho e também não tive coragem de dizer a ele que eu não podia. (será que não podia???)

Eu disse ao Téo que maioria das mulheres se sente desconfortável ao sair de casa sem uma sustentação para o seios, porque eles balançam. Então nós mulheres usamos blusinhas com alças bem finas para refrescar.

Ele ficou satisfeito? Sim, toda criança precisa de resposta, e gosta de ouvi-las.
Ele saiu sem camiseta? Sim, tava calor demais e ele aceitou meu argumento.
E a mamãe gostou? Sim, sigo sem nunca ter dito ao meu filho que uma mulher não pode fazer o que ela quiser.


Nenhum comentário: