sexta-feira, 27 de maio de 2011

Ciranda da Leitura: Pequenos Leitores

O Téo tá participando da Ciranda da Leitura - Pequenos Leitores da Rede Mulher & Mãe (saiba mais aqui) e há algumas semanas (no dia 13/05) recebemos o livro "Cores" da Alice, diretamente de São Paulo!




Ao abrir o livro, parece mentira, ele já achou uma das suas paixões: uma bola de basquete! E ao lado, melancia. Sucesso garantido! O livro é da coleção Bebê Mais, e é muito fofo!

O Téo gosta de ler. Quando digo isso algumas pessoas dão risada, "E ele tem idade pra tá lendo!". E eu ouso dizer que sim! Lá em casa não conseguimos ainda instituir uma rotina de leitura, do tipo ler todos os dias antes de dormir e tal. Mas as vezes que sentamos pra ler um livro para o Téo já foram suficientes pra despertar nele interesse pelas histórias e carinho pelos livros (o que é claro não impediu que ele rasgasse uns, afinal ele é só um bebê). Acredito que folhear e olhar as figuras é uma forma de leitura, desperta a imaginação e também esse contato é um importante passo para tornar a leitura um hábito e um divertimento no futuro. Tanto que ele já lê as historinhas sozinho, apontando as partes que mais gosta e fazendo os "sons" dos bichinhos e outros que usamos pra contar a história (o campeão é o o Lobisomen auuuuuuuu).

A primeira paixão dele foi a coleção de gibis da Turma da Mônica que ganhou da Vó Marta


Ou melhor, os gibis da "Mônica e sú pandilla" e "Monica's gang". Explico: a doida da minha mãe assinou por alguns meses, um pouco antes do Téo nascer os gibis da Mônica em espanhol e inglês para o netinho. Objetivo: que ele aprendesse outras línguas desde de cedo!! kkkk Minha mãe é uma figura!

Piadinhas a parte, tanto faz a língua escrita no livro. Para uma criança na idade do Téo o apelo é muito mais visual, e nisso um gibi é imbatível! Tanto que eles são os principais companheiros de viagem do Téo, temos vários no carro e ele sempre que senta na cadeirinha fica apontando pro chão ou pro banco pedindo a Mônica.


A "estratégia", se é que se pode chamar assim, aqui em casa é tornar o livro algo habitual, corriqueiro, um brinquedo mesmo. Acredito que essa seja uma das melhores formas de ensinar a criança que ler é divertido!

A participação na Ciranda da Leitura é uma oportunidade de ler mais livros numa fase em que a grana anda meio curta aqui em casa e também de trocar cartas, coisa que só agrada a mamãe saudosista aqui, mas está sendo ÓTIMO!!! ;-)

Já estou ansiosa pra saber qual o próximo título!

Um comentário:

Silvia Azevedo disse...

O Théo é muito fofo!!!!
Amanda adorou o livro também! Está numa fase de curtir macacos... hahahaha